domingo, 17 de maio de 2009

PARA QUE SERVE O EXAME VHS





VHS é a sigla usada para representar o exame "velocidade de hemo-sedimentação" ou "velocidade de sedimentação das hemáceas", um fenômeno que acontece quando o sangue é deixado em repouso na posição vertical, dentro de um tubo graduado em milímetros.
Nessa situação, as hemáceas se depositam no fundo do tubo, separando-se do plasma, que permanece na parte superior. Após uma hora de repouso, a linha de separação entre as hemáceas e o plasma serve para a leitura direta do resultado do exame na escala numérica. O valor é expresso como VHS de primeira hora em milímetros e a referência é até 20. Não existe um valor normal para VHS, existe um valor apenas de referência, que o médico deve usar para avaliar o significado do resultado. Isso quer dizer que valores acima da referência, embora estejam aumentados, podem não ser anormais (veja adiante). A leitura de segunda hora não tem importância clínica e deve ser abandonada.

Os praticantes da que já denominei "medicina baseada em reumatismo" (veja MEDICINA BASEADA EM REUMATISMO), quando se deparam com um resultado de VHS aumentado, circulam ou sublinham o resultado e, pondo uma flecha ao lado, apontada para cima, afirmam imediatamente: - "É reumatismo".
O hábito de circular, sublinhar e marcar com flechas o resultado de exames é uma forma de iatrogenia que reforça na pessoa doente a informação que está sendo transmitida. Aos olhos de quem o recebe, o estímulo visual da marca sendo aposta ao resultado do exame passa a ter mais importância do que o significado científico do exame em si.
Essa prática debocha do conhecimento científico, pois VHS aumentado não significa "reumatismo" em nenhuma situação. E também não significa "reumatismo no sangue".
Mas os praticantes da medicina baseada em reumatismo não estão interessados em conhecimento científico. A única preocupação que os guia é convencer o paciente de que eles sabem o que a pessoa tem e usam a interpretação mitológica do exame VHS para isso, pois sabem que ninguém irá questionar que VHS aumentado não é "reumatismo" nem "reumatismo no sangue".

Quando digo que "reumatismo" nesse país é um problema de comunicação, refiro-me a várias coisas, e uma delas é a maneira como a informação científica é levada para a população.
Existem vários textos sobre VHS disponíveis na Internet e vou usar um deles como exemplo.
Trata-se do artigo Velocidade de sedimentação das hemáceas - utilidade e limitações, publicado na Revista da Associação Médica Brasileira, volume 46, nº 3, de julho-setembro de 2000. O artigo é destinado a médicos, mas está disponível na rede e portanto pode ser acessado por qualquer pessoa.

Na vida diária do país, a maioria das pessoas que toma conhecimento do exame VHS e do significado que possa ter o faz através de profissionais que não estão preparados para explicar a utilidade do exame. Esses profissionais são os que relacionam VHS aumentado com o mito "reumatismo".

Como qualquer um poderá comprovar, a palavra "reumatismo" e a expressão "reumatismo no sangue" não aparecem no artigo acima. Não aparecem simplesmente porque não são informação científica, pois VHS aumentado não significa "reumatismo" nem "reumatismo no sangue" e ninguém perde tempo escrevendo sobre isso em artigos científicos. Por outro lado, no dia-a-dia, é com essa desinformação que a população se depara quando toma conhecimento do exame.
A maioria da população aceita a desinformação sem hesitar, baseando-se na autoridade e no conhecimento do profissional que a transmitiu. Entretanto, muitas pessoas já se acostumaram a procurar outra opinião através da Internet, para mais esclarecimentos e confirmação do que ouviram.
Mas quando se deparam com as explicações científicas disponíveis, não têm como tirar conclusões sobre as diferentes realidades apresentadas.
De um lado, a explicação mitológica simples e direta - "é reumatismo ou é reumatismo no sangue" - e do outro a informação científica extensa e confusa "é um teste inespecífico na documentação de processo inflamatório, infeccioso ou neoplásico, servindo também para inferência de sua intensidade e, considerando-se as limitações, da resposta à terapêutica".
Não tenho nenhuma dúvida de que alguém sem formação técnica, ao comparar essas alternativas, preferirá a primeira explicação. Ou seja, preferirá a explicação errada.

Isso acontece porque a informação científica disponível, por se dirigir originariamente a profissionais, não aborda diretamente a maneira como esses profissionais deturpam a informação ao transmiti-la para a população. Mas o artigo citado aborda esse comportamento de maneira indireta, velada, como na afirmação: "Dessa forma, para se evitar gastos desnecessários, o VHS só deve ser solicitado mediante suspeita clínica razoável, baseada na anamnese e no exame físico".
Para afirmar isso, o autor sabe que o exame é solicitado "na ausência de suspeita clínica razoável" e um exemplo disso acontece quando é solicitado como "exame para ver se é reumatismo", finalidade que simplesmente não existe (leia O EXAME MAIS IMPORTANTE EM REUMATOLOGIA).

Sabendo que a informação científica é deturpada nas explicações dadas a leigos, deixei de lado as citações veladas e indiretas dos artigos científicos e passei a usar nesse blog a linguagem mais direta possível para revelar as práticas sem fundamento envolvendo "exames para ver se é reumatismo", "diagnóstico de reumatismo" e "tratamentos para reumatismo", pois acredito que a linguagem simples e direta é de maior utilidade para a população.

O artigo sobre VHS citado anteriormente, relaciona 32 situações clínicas que causam elevação do VHS, entre elas aparecendo até o alcoolismo. Além disso, explica que o resultado do exame aumenta em condições fisiológicas (normais) como menstruação, gravidez e envelhecimento, e cita autores que notaram aumentos do exame em função de hábitos (tabagismo e consumo de café), nível socio-econômico baixo e raça negra. Essas observações explicam porque o exame pode estar aumentado em pessoas normais, na ausência de doença.

Portanto, VHS aumentado não é doença, não é "reumatismo" e também não é "reumatismo no sangue".

Para o reumatologista, o VHS:
- é útil para auxílio no diagnóstico - mas isoladamente não é diagnóstico de nenhuma doença;
- é útil para ajudar a descobrir alguma inflamação - mas isoladamente não significa que alguma inflamação esteja presente;
- é útil para avaliar a intensidade da inflamação presente - mas isoladamente não diz que a inflamação é grande ou pequena;
- é útil para avaliar a resposta ao tratamento da inflamação - mas isoladamente não diz que a inflamação melhorou ou não.
A interpretação correta do exame requer a análise do resultado em conjunto com os dados da história e do exame físico e esses dados podem dizer que um VHS aumentado é normal em determinada situação ou que um VHS "normal" não está mostrando a condição real da doença de alguém.

O verdadeiro papel do médico é aplicar o conhecimento científico no diagnóstico e tratamento de doenças e deve fazer isso pensando em primeiro lugar no benefício do doente. Usar mitos para explicar doenças e assustar pessoas vai contra esse princípio.


72 comentários:

Isabel disse...

Doutor porfavor me oriente,. Tenho 48 ano e apareceu do nada uma dor muito grande na parte posterior dos meus joelhos(à una dois meses) que agora permanece mais no joelho esquerdo. Fiz raio x, duas ressonancias e nada!. Estou sem saber que especialista procuar. gostaria de sua orientação. Qual médico procuro? já fui ao Neuro e ortopedista, e nada! seria melhor um angiologista ou um reumatologista. Na area da dor não há nada ( inchaço, vermelho, quente , nada!!). Por favor me oriente. Até para dormir a dor incomoda.
Atenciosamente, Isabel

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Isabel:

Quando a queixa é dor em alguma articulação, que aparece sem ter havido trauma no local, o primeiro especialista a procurar é o reumatologista. Se ele não fizer o diagnóstico, poderá orientar melhor quem você deverá procurar a seguir. Portanto, sugiro que você recomece e consulte um reumatologista.

mirleide_dantas disse...

Gostaria muito de sua ajuda. Minha mãe reclama muito de dores nas articulações, elas estão aparentemente normais. O reumatologista com quem ela se colsultou não é muito bom, pelo menos não parece ser, mas, ele pediu um VHS e deu 26mm. Qual seria o ou os exames mais indicados agora para concluir se o problema dela é ou não Reumatismo.

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Mirleide:
O problema da sua mãe não é "reumatismo" porque "reumatismo" não é uma doença, é apenas um mito popular. Por isso, não existem exames para concluir se a doença que alquém apresenta "é ou não é reumatismo".
O problema da sua mãe são as dores que ela sente e é preciso descobrir qual doença está causando isso. O especialista indicado para fazer essa investigação é o reumatologista.
Se você não ficou satisfeita com o primeiro, procure outra opinião.
VHS de 26mm não explica a causa das dores e pode ser considerado normal, embora o valor de referência seja 20mm na primeira hora. Não é porque está acima do valor de referência que significa que a doença causa elevação do VHS. O resultado aumenta com a idade e, para alguém com mais de 50 anos, 26mm é considerado normal.
Se for 26mm na segunda hora, é normal em qualquer idade, pois o valor de segunda hora não tem utilidade para diagnóstico.
Sugiro que você leve sua mãe para outra avaliação, com outro reumatologista.

robsonfabiano disse...

Dr preciso que me oriente
Fiz por duas vezes esse exame vhs um no ambulatorio emergencial aqui da minha cidade pois não aguentava por os pés no chão e outro agora por um medico reumatologista indicado pelo q me atendeu no ambulatorio os 2 deram auterados junto com o pcr que esta 5 X mais que o minimo e um outro de proteinas q tbem esta alterado so que chegando na sala dele me informou que estou com reumatismo só q não sabia me informar se era no sangue ou nos ossos como isso se li em seu blog q não existe isso o q devo fazer?Ele me pediu mas exames complementares so para comprovar.O medico do ambulatorio me passou um remedio para tomar que tem pura cortizona e um tambem antialergico por 7 dias estou no sexto dia e só meus pés melhoraram minha mão esta inchada ainda e estou com varios calombos pelo corpo q coçam muito tambem o que devo fazer?

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Robson:

Quando um profissional diz "que você está com "reumatismo" mas não sabe se é no sangue ou nos ossos" o que ele está dizendo, na verdade, é que NÃO SABE O QUE VOCÊ TEM. "Reumatismo" não é um diagnóstico e "reumatismo no sangue" ou "reumatismo nos ossos" não existem.
Sugiro que você consulte um dermatologista para avaliar os "calombos", como você disse, e, se estiver sentindo dor nas mãos ou nos pés, consulte outro reumatologista.

Eduardo disse...

Dr, boa noite.
Nunca tinha ouvido falar em VHS. Passei em um concurso público e tive que fazê-lo. Deu 32 mmm !!!!
Eu sempre tive desde criança (tenho 52 anos) dores nas pernas que iam da coxa até o tornozelo, mas nunca tomei remédio. Só fricção com álcool. Minha saúde está ótima glicose, colesterol, etc.(apesar de ter uma sinusite crônica, para a qual eu não ligo). Estou com receio porque meus pais e avós tiveram câncer. Como poderia investigar isso melhor?

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Eduardo:

O reumatologista é o especialista indicado para investigar a causa do VHS aumentado.
O significado do VHS como indicativo da presença de alguma doença depende muito do valor do resultado e da idade da pessoa. Na sua idade, 32 é praticamente normal e, na minha opinião, não justifica uma investigação extensa.
Quando um resultado vem anormal na ausência de sintomas, o exame deve ser repetido para confirmar que está aumentado.
Se o novo resultado for normal, o anterior deve ser ignorado, exceto se houver algum sintoma ou outro achado de exame físico ou de outros exames que expliquem a elevação.

Dayse disse...

Boa noite doutor!
Gostaria de tirar uma dúvida...
Eu vi que em um comentário anterior o senhor falou que o resultado normal para o VHS é 20mm. No exame que recebi tem que os valores de referência são até 8mm para homem e até 10mm para mulheres. Isso para a hemossedimentação primeira hora. É um outro metodo ou exame diferente?
O meu resultado deu 22 mm. Se for levando em consideração os valores de referência que tem aqui, está um pouco alto não é? Mas se for baseado em 20mm tá legalzinho...
Tenho 21 anos.
Agradeço antecipadamente!
Atenciosamente, Dayse.

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Dayse:
Muitos laboratórios usam valores de referência de 8, 10, 12 ou 15mm, que foram estabelecidos por estudos feitos no século passado, na década de 60. Esses valores não deveriam ser considerados mas infelizmente são e por isso muitas vezes conflitam com as orientações transmitidas pelo reumatologista.
Há pelo menos 8 métodos diferentes de medir a VHS e cada um usa um valor de referência, dependendo do tamanho do tubo e do anticoagulante usado no exame.
O valor de referência clínico de 20mm na primeira hora é usado pela maioria dos reumatologistas do país e do mundo e muitos especialistas sentem que ainda é um valor baixo para referência, porque muitas pessoas normais apresentam valores maiores do que isso. Pessoalmente acredito que 30 ou 35mm seria mais adequado.
Se você consultasse comigo e apresentasse apenas o resultado de 22mm, eu diria que não tem importância clínica. Pequenas variações no resultado do exame são comuns e não têm significado clínico, exceto na presença de um quadro clínico sugestivo de alguma doença.
São os sintomas associados ao exame que determinam o significado do resultado e não a simples comparação com o valor de referência.

Vanessa disse...

Dr tenho 22 anos e fiz um exame de VHS que deu 72, depois de1 mÊs repeti e deu 35 o valore PCR normal. Devo me preocupar?

Grata

Vanessa

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Vanessa:

Apenas pelo resultado do exame, não há motivo para preocupação. Se o resultado elevado estiver acompanhado de sintomas, então a preocupação deve ser pelos sintomas. Se o sintoma for dor nas articulações, então você precisa consultar um reumatologista.

marcia disse...

Olá Doutor luiz,

desde meus 25 anos, hoje com 31, sinto muitas dores nas pernas(do joelho para baixo).
desde o inicio uso meis de média compressão medicinais para aliviar as dores. fiz exame de vhs e deu 10mm, aparentemente normal, mas as dores continuam, apenas o que já ouvi de um angiologista que era das varizes nascendo( poucas e finas somente nos pés) mas minha mãe tem varizes enormes e escuras e nada sente. nem as meias estão aliviando como antes, por conta propria vou passar para alta compressão. que tipo de exame devo fazer para saber do que se trata? varizes acredito que não são o suficiente para tanta dores que me perseguem a mais de 6 anos. obrigada pela atenção.

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Márcia:

Você deve consultar um reumatologista para avaliar o seu caso e ver se há necessidade de exames, e leia no blog O EXAME MAIS IMPORTANTE EM REUMATOLOGIA.

cristiane disse...

Bom dia!
Doutor estou em uma sinuca médica.
Há um ano tive crise de retocolite ulcerativa que resultou em internação de 30 dias. Desde tal época tenho feito varios exames devidos a dores articulares e musculares e agora dores de cabeça e cansaço angustiante que chega a incapacitar. O exames de VHS teram 32m (já chegaram a 64), tenho 34 anos, Gama gt 232; Lipase 16.4, AST 53;ALT 100; plaquetas 408; colesterol 261;HDL 69; LDL 154; gligose 117;plasma 14,34; atividade protrombinica 100,00%.
o rendimento profissional tem sido bastante prejudicado devido ao cansaço, já que não consigo finalizar o dia, e as sextas feiras tem sido pior, quase nunca consigo trabalhar na sexta a tarde devido ao cansaço.
Agradeço à atenção
Cristiane

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Cristiane:
Retocolite ulcerativa é uma doença inflamatória intestinal e, como toda doença inflamatória, pode aumentar o VHS.
Algumas pessoas que têm retocolite ulcerativa podem desenvolver uma doença inflamatória musculo-esquelética que causa artrite e inflamação na coluna. O diagnóstico e o tratamento da artrite associada a retocolite ulcerativa devem ser acompanhados por um reumatologista.
A causa mais comum de dor nas articulações e nos músculos - e de fraqueza - em quem tem retocolite ulcerativa não é artrite, é fibromialgia.
Sugiro que você consulte um reumatologista para avaliar o seu caso.

marcia disse...

Dr. Luiz Claudio!

Estou muito desanimada, pois foi me dado diagnóstico de FIBROMIALGIA, NO ANO DE 2005, de lá para cá as dores especialmente nas mãos, dedos, pescoço e cabeça me deixam de cama. Sinto-me muito mal. Meu reumatologista me receitou sertralina pela manhã e amitril à noite, mas o da noite detestei e não tomo. Comecei tratamento com um osteopata, pois também tenho uma artrose cervical, altura do pescoço. Meu VHS feito agora deu 45. O que faço? Obrigada, Márcia.

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Marcia:
Fibromialgia não causa elevação do VHS.
O especialista indicado para investigar a causa da elevação do VHS é o reumatologista.

aline disse...

Olá, bom dia!
Meu nomé é Aline,tenho 22 anos e mais ou menos 2 semanas estava sentindo dores nas articulações dos cutuvelos e dos joelhos, fui ao médico e ele me deu vários exames para fazer, inclusive, o VHS que deu 37mm/1h,ou seja aumentado,também deu alteração nos Trigliceridios(prova de refrigeração do soro:ausência de camada cremosa)mas ele me disse que não tenho "reumatismo",pois os outros exames deram normais.Ainda sinto dores,mais leves,devo procurar uma segunda opinião? Desde já agradeço!

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Aline:

"Reumatismo" você não tem porque "reumatismo" não é uma doença, é apenas um mito popular.
Se você quer saber a causa das dores que sente, consulte um reumatologista. "Reumatismo" não é causa nem explicação para dores nas articulações.

rosileide de lira leite disse...

dr a minha filha sente dores pelo corpo todo todo santo dia ela reclama o exame dela vhs deu 19mm ela tem 8 anos e normal agradeço rosileide

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Rosileide:
O resultado do exame está normal.
Para saber a causa das dores da sua filha, leve-a para consultar um reumatologista-pediátrico.

J@J@ & Am@R disse...

NAJALA
OLÁ DR.
eu sinto muitoas dores nas
pernas profundas, nao doe muito mas incomoda bastante..ja tenho a baste tempo. tenho 26 anos e recentemente fiz o exame do VHS E DEU 10MM A 1 HORA. SERA QUE VEDO ME PREOCUPAR?
AH QEIRA SABER TB QUAIS SAO OS TIPOS DE EXAMES DE DEVE SER FEITO PARA DIAGNOSTICAR ARTRITE REUMATOIDE NO SANGUE? OBRIGADA PELA ATENÇAO, ABRAÇO. GRATA.

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Najala:
Artrite reumatóide é uma doença inflamatória autoimune sistêmica que pode afetar vários órgãos do corpo, cuja principal manifestação é artrite (inflamação de articulações). Artrite reumatóide não é "no sangue" e não existe nenhum exame de sangue que faça o diagnóstico dessa doença.
O diagnóstico de artrite reumatóide é feito pelo exame físico das articulações para detectar a presença de artrite, pelas características da artrite ao exame físico e, depois disso, por alguns exames de sangue que ajudam o reumatologista a entender melhor o processo da deonça.
Por isso, ao sentir dor nas articulações e pensar em artrite reumatóide, antes de fazer exames de sangue, consulte um reumatologista para examinar as suas articulações. Após o exame físico, o reumatologista saberá quais são os exames de sangue que precisam ser feitos.
VHS de 10mm é normal e não é motivo de preocupação.
Dores nas articulações sempre devem ser motivo de preocupação e sempre devem ser consultadas em primeiro lugar com um médico-reumatologista.

Daiana serafim disse...

Dr tenho 22 anos e ando sentindo dores nos ossos e articulaçoes ja ate marquei uma consulta mas o que poderia ser?

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Daiana:
Sem examinar os locais doloridos é impossível responder a sua pergunta. Sugiro que consulte um reumatologista.

Tally disse...

Olá! Boa tarde Dr. Luiz.
Minha mãe fez um exame de sangue e o vhs deu 26, ela tem 57 anos. O médico pediu para que ela fizesse esse exame, pois minha mae tem uma placa no ombro devido a uma lesão já a mais de 5 anos. Ultimamente a placa começou a encomodar, foi feito um raio x e umm ultrasom e o médico disse que não era rejeição a placa. Como minha mãe reclama muito de acido urico no pé, o médico disse que poderia ser " sangue sujo", por isso pediu o exame que mede o vhs. Após o resultado ele disse que ela está com reumatismo no sangue. Como sou acupunturista, algumas pessoas me procuram para tratar reumatismo,porem eu nunca levei em consideração a palavra, e sim as dores que as pessoas sentem. Mas não entendi o reumatismo NO SANGUE. Pedi explicações e o mesmo não sabia dizer. Lendo seu blog percebi que reumatismo no sangue não é um diagnostico. Estou errada nas minhas opiniões? VHS 26 para uma pessoa de 57 anos é diagnostico de reumatismo? No momento não achei que fosse porque até onde sei reumatismo não é diagnostico que saía em exame de SANGUE. Poderia me esclarecer?
Obrigada
Talita

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Tally:
"reumatismo no sangue" não existe; é uma crença popular que muitos médicos usam para explicar o que não sabem.
Ninguém deveria aceitar o "diagnóstico" de "reumatismo no sangue" e, ao ouvir semelhante bobagem, as pessoas deveriam sempre procurar um reumatologista.
"Sangue sujo" é um equivalente mais vulgar de "reumatismo no sangue" e, para mim, mostra apenas que suja é a mente do profissional capaz de dar uma explicação como essas.
VHS de 26 para uma mulher de 57 anos é normal, portanto não é a explicação para o que ela sente.
"Reumatismo" não é diagnóstico de nenhuma maneira, nem por exame de sangue, nem por exame de imagem, nem por exame físico ou por queixa de dor; "reumatismo" é apenas um mito popular que as pessoas usam para tentar entender doenças que não entendem e que alguns profissionais usam para explicar doenças que não conhecem ou resultados de exames que não sabem interpretar.

Fabrizia disse...

Oi Dr. Luiz Claudio, bom dia.

Por favor me tire uma duvida. Todos falam que o aumento do VHS não é bom e no meu caso, fiz exame de VHS recentemente e deu 8mm, nos valores de referência do exame tem: mulher abaixo de 50 o valor de referência é 20mm. e eu tenho 36 anos. Nesse caso 8mm é baixo ? e baixo significa que não está normal ? o que posso ter ? obrigada !!!

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Fabrizia:
Você está fazendo uma grande confusão.
Em primeiro lugar, o aumento do VHS pode ser normal, portanto, a afirmação "todos falam que o aumento do VHS não é bom" deve ser atribuída a profissionais ignorantes que não sabem interpretar o exame.
Em segundo lugar, valor de referência de 20 significa que qualquer valor menor do que 20 está na faixa de referência, ou seja, é o que se vê nas pessoas que não estão doentes.
O seu VHS de 8mm não está baixo, está na faixa de referência, portanto está normal.

Joao Paulo disse...

Olá doutor, tenho 27 anos e fiz exames de sangue e meu VHS deu 40 na 1º hora, o PRC deu 0,34 mg/dl, o FAN deu não reagente, Fator reumatóite deu 1,7 IT/ML, ASLO 103,5 UI/ML, ou seja, apenas o VHS deu alterado, preciso me preocupar? pois quando criança fiz tratamente para febre reumática, hoje sinto dores no joelho direito e no ultimo ano minha garganta inflamou muito devido aos buraquinhos na amídala que não somem.

Obrigada,

Fabrícia

dani disse...

DR.MEU FILHO TEM NOVE ANOS E O EXAME DE VHS DELE DEU 12MM PODE ME EXPLICAR O QUE SIGNIFICA

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Fabrícia:
Dor no joelho com VHS de 40 é uma situação que precisa ser avaliada por um reumatologista.
Embora a relação entre dor no joelho e aumento do VHS seja mais verdadeira quando também existe inchaço na articulação dolorida, somente através do exame físico é possível dizer se há inchaço no joelho e se o aumento do VHS tem importância no seu caso.
Se ainda não fez isso, sugiro que consulte um reumatologista.

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Dani:
Apenas o médico que conhece a história e o exame físico do doente pode interpretar o resultado de um exame de laboratório.
Sugiro que converse com o seu médico sobre isso.

Rosangela disse...

Olá! Boa tarde Dr. Luiz.
Por favor me oriente,
Estou a uma semana com febre e dores no corpo.. Agora começou dores nos joelho e nos tornozelos, eles estão inchados e com manchas avermeladas. Fui ao ortopedista para ver se ele podia me ajudar e ele pediu que eu fizesse exame para saber como estava o vhs 1ª hora e no resultado deu 92 mm, o de proteína c reativa quantitativa deu 136,83mg/l e fator reumatoide quantitativo deu <8,00. o que tenho? o que devo fazer? qual medico devo procurar?
Tenho 34 anos e sou professora.

Cris disse...

Tenho 34 anos e um corpo com o cansaço de 94 anos, meu sono não e reparador, vivo indisposta e com dores por todo o corpo, de uns 20 dias para cá tenho uma dor no braço direito, que doi dia e noite, dormindo é pior, não consigo se quer mexer com ele, mas não sinto que é tendão ou muscular e a dor centraliza mais no cotovelo ( não tive nenhum trauma nele).. fui ao medico ele pediu vários exames de sangue, nenhum deu nada alterado, somente os Leucócitos (4.000 a 10.000) deu 11.700mm e a hemossidimentação (ate 12mm/ 1 hora) que deu 23mm, mas só consegui agendar retorno para daqui um mês, o que quer dizer esses resultados????

Ja compreendi que reumatismo não é doença..rsrs e muito obrigada pela ajuda!

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Cris:
Sugiro que consulte um reumatologista para examiná-la. O exame físico é essencial para interpretar os resultados dos exames.

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Rosângela:
Você deve consultar um reumatologista.

Josiane disse...

Doutor há um ano e meio tive um problema no joelho esquerdo, doía muito e inchava, fiz uma ecografia e diagnosticou-se um "aumento de espessura do terço médio do ligamento colateral e com pequeno derrame associado. Bolsa suprapatelar com pequeno derrame". Concominantemente a isso sentia dores nas articulações das mãos ( dedos), inchaço, principalmente ao amanhecer. Na ocasião fiz tratamento de 20 dias com piroxicam 20mg. Posteriormente a isso senti algumas vezes os mesmos sintomas quando fazia movimentos repetitivos, mas depois de alguns dias, passava. Agora faz uns 15 dias que ando com os dedos inchados, pela manhã e não tenho força nos dedos, e fico com essa sensação de inchaço o dia todo. E, no meu joelho aconteceu umas quatro vezes de eu levantar à noite para ir ao banheiro e o joelho estar adormecido de não conseguir firmar a perna, o joelho dobrava sozinho. Fui ao médico e ele solicitou estes exames "para ver se é reumatismo" e perguntou se havia alguém na família com reumatismo, eu disse que minha mãe tinha. Eu tenho 29 anos, minha mãe aos 30 anos começou sentir dor em todas articulações e muito inchaço, e foi perdendo aos poucos os movimentos. Faleceu aos 35 anos devida uma medicação forte para este problema que ela tinha e deu parada cardíaca. Os médicos nunca falaram ao certo o que ela tinha, mas lembro que na ocasião ela falava em reumatismo. Fico ansiosa quanto a isso, por não saber que médico devo procurar. Ainda mais agora, com esse artigo que li sobre os tais exames e o mito do reumatismo. O que devo fazer? Aguardo o retorno e desde já agradeço: Josiane - Litoral norte do RS

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Josiane:

Consulte um reumatologista por causa das dores e dos inchaços e não aceite "reumatismo" como explicação para o que você tem.
Se um diagnóstico for feito, o reumatologista deve dizer o nome da doença e, se disser, você verá que o nome da doença não é "reumatismo".
Se você souber dizer o nome da doenca, poderá se comunicar com qualquer reumatologista, em qualquer parte do mundo, e todos irão entendê-la.
Se você disser, como no caso da sua mãe, que ela tinha "reumatismo", ninguém saberá qual doença era. Esse é o problema de comunicação mais simples que enfrenta quem acredita em "reumatismo".
Mas pode ser pior, como no caso dos picaretas que, sem diagnosticar doença alguma, dizem que "é reumatismo" como se fosse esse o diagnóstico.
"Reumatismo" não é um diagnóstico, não é uma doença, é apenas um mito popular.

Eliana Vieira de Carvalho disse...

Drº Luiz Claudio devo me preocupar com um resultado de exame de VHS com valor de 39? Deu no resultado do meu filho de 9 anos q. sente dores na perna direita,não é sempre, é de vez em quanto. Ele pratica Judô e futebol uma vez por semana. Tem Traço de Hemoglobinopatia C .Eliana

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Eliana:
Aos 9 anos, VHS de 39mm é motivo de preocupação pois, se não há uma causa evidente, revelada através de sintomas presentes no momento em que o exame foi feito e que justifiquem a alteração encontrada (dor ocasional na perna não explica a elevação), pode ser necessária uma investigação para descobrir o que está acontecendo. Entretanto, antes de iniciar uma investigação, é prudente repetir o exame para confirmar a alteração. Se confirmar, sugiro procurar um reumatologista pediátrico para fazer a avaliação.

carmo disse...

Boa tarde Doutor!Por favor me oriente tenho 53 anos eu a mais ou menos 15 dias me apareceu uma dor forte no cotovelo esquerdo seguido de vermelhidão, inchaço e muito quente no local. Isso foi mais ou menos esses 15 dias, agora desinchou, desapareceu o vermelhão e a quentura mas no local ficou uma bola de aguá procurei um médico e ela me pediu um exame de acidourico e vel. de sedimentação globular n acido urico~deu normal mas nese outro deu na primeira hora 48.0 mm na segunda hora 89.0 mm, IWK 46,3 e Hematocrito 39.6%. Dr o que significa todo esse valor aumentado? o Sr. poderia me adiantar respondendo e me dizendo qual proficional procurar uma vez que essa médica que eu fui éuma clinica geral!!!Obrigada e aguardo sua resposta!!

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Carmo:
O que você teve provavelmente foi uma bursite do cotovelo.
Bursite é a inflamação de uma bursa.
A bursa do cotovelo fica na parte de trás, sobre o osso que se percebe quando o cotovelo está dobrado em 90 graus.
Normalmente a quantidade de líquido no interior da bursa é pequena e ela não pode ser percebida externamente mas, quando inflama, a quantidade de líquido aumenta e surge a bolsa cheia de líquido característica.
A dor, a vermelhidão e o inchaço no local são sintomas da inflamação. O VHS de 48mm também reflete a inflamação (o valor de segunda hora não tem importância).
A bursite do cotovelo é um motivo para consultar um reumatologista.

mara disse...

no dia 30/12/2011, por volta das 11h antes do almoço, surgiram vermelhdão, nas minhas coxas e antebraços, em seguida surgiram dores em todas as articulções, nuca, dedos, tornozelos, pulsos, cotovelos, etc. No sabado fui ao PA e me receitaram paracetamol para dor e citerizina fiz hemograma deu um início de anemia e pequena alteração neutrofilo,bastonetes, , as dores aumentaram e a vermelhidão se espalhou para outras áreas,e mão e pés começaram a inchar no domingo retornei ao PA e tomei soro com corticoide, fiz um VHS que deu 36mm tenho 39anos a vermelhidão desapareceu,porém na 2ª a noite minhas mãos voltaram a inchar e a dor se concentrou nas articulações dos membros superiores, voltei ao PA e tomei soro com cetofreno e soro com hidrocortisona, o inchaço diminui e as dores diminuiram, porém não desapareceram, só consegui consulta para o dia 16/01/2012, o que faço até essa data, o sr pode me ajudar?
meu nome é Mara

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Mara:
Essa época do ano é assim mesmo para quem sofre doenças que causam dor musculo-esquelética pois a maioria dos especialistas param de atender para tirar férias e as pessoas precisam esperar semanas para conseguirem uma consulta. Nesse momento, deve-se recorrer às unidades de atendimento de urgência que, embora estejam preparadas para fornecer atendimento adequado à dor, pouco podem fazer para o diagnóstico e o tratamento definitivo da causa.
por isso, enquanto aguarda a consulta com o especialista, você deve continuar recorrendo ao atendimento de urgência para obter alívio dos sintomas.

Angélica disse...

OLA DR ME CHAMO ANGÉLICA ,TENHO 17 ANOS .SINTO MUITAS DORES NOS MEUS ANTEBRAÇOS E NAS COXAS.EU NÃO AGUENTO MAIS !!!1 FIZO EXAME VHS TEVE UMA PEQUENA ALTERAÇÃO NAO SEI O QUE FAÇO.DEVO PROCURAR UM REALIZAR UM EXAME ESPECIFICO PARA DETECTAR ALGUMA COISA DESDE JA AGRADEÇO OBRIGADA ESPERO POR SUA RESPOSTA

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Angélica:
Não existe exame específico para fazer quando alguém sente dores nos antebraços e nas coxas e o VHS mostra uma pequena alteração, como você disse.
Oequena alteração no VHS não explica as dores que você sente.
O exame que você precisa fazer é o exame físico feito por um reumatologista.
Em casos como o seu, após a anamnese e o exame físico, o reumatologista poderá formular uma hipótese diagnóstica que orientará o que deve ser feito a seguir. Se o exame físico for normal, na maior parte das vezes o diagnóstico será feito nesse momento. Se alguma alteração for encontrada ao exame físico, essa alteração é que orientará os exames que devem ser feitos a seguir.
Esse é o processo científico de diagnosticar a causa da dor. Acreditar que exista algum exame "específico" para o diagnóstico da dor faz a pessoa enveredar pelo caminho falso dos "exames para ver se é reumatismo", aproximando-se dos oportunistas e charlatães. Esqueça essa história de "exame específico" e mantenha-se no caminho da ciência - consulte um reumatologista.

Raquel disse...

Doutor,qndo nasci tinha o pé pra dentro,usei bota de gesso e ficou normal,mas desde pequena sempre torço o tornozelo...tenho 28 anos e já tori 8 vezes...a ultima vez esse mes foi usando um salto alto e nao revelei meu pé nao,apenas andei e no outro dia amanheceu inchado.fui no ortopedista,ele solicitou pcr,vhs,hemograma,acido urico,pcr e outro.o acido urico deu um pouco alto e o vhs deu 35 ....será que tenho reumatismo,?? agradeço a atençao!! raquel

sara lima disse...

Dr°meu nome é Sara e fiz uns exames de sangue e urina mais ai em um dos exames que é esse de VHS-HEMOSSEDIMENTAÇÃO e esse deu 20mm/1a hora e o normal que aparece como referencia é de até 11mm/1a hora em mulheres o que isso quer dizer que eu posso estar com alguma doença grave ou não devo me preocupar?Agradeço desde já.

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Raquel:
"Reumatismo" você não tem porque "reumatismo" não é uma doença, é apenas um mito popular. VHS de 35 não significa "reumatismo", ácido úrico "um pouco alto" também não.
O que você tem, pelo que descreve, é conhecido como entorse de repetição (já teve 8 episódios...).
A entorse de repetição ocorre quando há hipermobilidade na articulação que torce - você não disse se é sempre do mesmo lado.
Se for sempre do mesmo lado, a solução é cirúrgica e deve ser discutida com um ortopedista.
Se já ocorreu dos dois lados, sugiro que consulte um reumatologista para avaliar se há hipermobilidade em outras articulações.

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Sara:
VHS de 20mm é normal, não importa o que diz a referência do laboratório.
Muitos laboratórios usam valor de referência baixo e criam confusão por causa disso.
De qualquer forma, para interpretar o resultado do VHS é mais importante analisar o quadro clínico da pessoa - os sintomas e, principalmente o que apresenta ao exame físico.
Essa análise permite dizer se um valor acima do valor de referência é importante (pode não ser) e se um valor abaixo do valor de referência é real (pode não ser).
A interpretação do VHS não é feita apenas olhando o resultado e vendo se está acima do valor de referência. Na dúvida, consulte sempre um reumatologista.

ELENA disse...

DOUTOR BOA TARDE
TENHO 50 ANOS,O RESULTADO DO MEU EXAME DE VHS 37MM,EO PROTEINA C REATIVA 15,6MG/L E TENHO DOR NAS JUNTAS ;POR FAVOR ME ORIENTE.OBRIGADA . ELENA

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Elena:
Consulte um reumatologista.

Carol Mota disse...

Olah! Dr. Eu tenhu 23 anos sinto dor no pé direito principalmente no frui e as vezes sinto dores nas pernas, eu fui no Ortopedista fiz raio-x deu normal e ele mando eu fazer um exame de sangue pra ver se eu tenho reumatismo ai o VHS deu alterado no exame ta dizendo q mulher de 17 a 50 anos o normal e ate 12 mm/1hora o meu deu 70 mm ele disse q to com alguma inflamação..
Isso é grave? estou com alguma doença? Por favor me oriente..Obrigada!

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Carol:
Não existe "exame de sangue oara ver se tem reumatismo". Muitos médicos usam essa expressão e criam uma expectativa quando o resultado de algum exame vem alterado.
VHS de 70mm não significa "reumatismo" porque "reumatismo" næo é uma doença, é apenas m mito popular.
VHS de 70mm também não significa inflamação.
Há muitas explicações possíveis para uma elevacão do VHS e a presença de inflamação é apenas uma das causas possíveis. A maneira de identificar a causa e dar atenção aos sintomas.
Dor no tornozelo e nos pés deve ser investigada por um reumatologista.
Sugiro que leia PARA NÃO CONSULTAR UM REUMATOLOGISTA e consulte um.

Fibro Bahia disse...

O grupo FibroBahia -Grupo de Apoio ao Paciente Fibromialgico do Estado da Bahia , agradece ao Dr Luiz por estar trazendo a luz de discussões assuntos não antes tratados , nos informando sobre exames , diagnósticos e conceitos e fomentando a discussão . Para nós , paciente fibromialgicos , que na maioria dos casos têm exames "normais" , é ma forma de procurar e exigir um melhor tratamento

Flávia Furlan disse...

Olá Doutor. Tenho um problema no pé direito a uns 5 anos onde fui em vários médicos e não foi constato nada. Dizem que tenho que cnviver com esse problema pois meu pé não tem nada. Ontem vi que o outro pé começou a inchar, fiz exames de sangue e está tudo normal, mas vi que o VSG deu 35 mm. Alterado né? Tenho 20 anos e queria saber se é normal ou pode ser alguma coisa relacionada com esse problema que tenho no pé!?

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Flávia:
É preciso examinar o pé para saber se o VHS tem a ver com isso.
VHS de 35 aos 20 anos não é normal, mas há muitas causas possíveis para explicar a elevação, que pode nada ter a ver com os sintomas no pé.
Sugiro que consulte um reumatologista.

solange disse...

Prezado Dr. Luiz Claudio
Como sou curiosa e notei no pedido de exames de meu médico o exame VHS, procurei na internet o que isto seria e aí acessei seu blog. Só quero parabenizá-lo por este seu trabalho de utilidade pública, de excelente qualidade, o que, na minha opinião também espelha sua beleza também como ser humano. Numa linguagem competente, clara, direta e simples o senhor consegue tirar dúvidas de qualquer leigo. Parabéns!!!!

renata gomes disse...

Doutor o que eu faço..tenho 23 anos a ums 2 anos apareceu um nodulo tipo um caroço na minha mao direita,ele quando incha doi e fiz uns exames deu que tenho reumatismo(ASO<340>
O medico que eu me conssutei me receitou 10 doses de bezetacil ,tomei 4 doses e sinto dores nos braços principalmente no que tem esse nodulo.Nao sei o que fazer nao confio se esse e o tratamento certo tenho medo de nao tratar e piorar.Me oriente por favor.OBRIGADAO

SildeLuz disse...

O Doutor diz que ""Reumatismo não é doença"", mas quando criança tive reumatismo infeccioso, o tratamento foi a base de corticoide, e o médico descobriu que o foco infeccioso era as amídalas, operei e nunca mais senti dor. HJ com 55 anos, fiquei sedentária por 6 anos, e daí comecei a ter dores no corpo todo, bico de papagaio, mas agora estou emagrecendo e fazendo pilates. O meu VHS deu 40mm.





Elicéa disse...

Dr. Luiz

Adorei o seu esclarecimento sobre o VHS e também algumas causas. Vou diminuir a ingestão de café.
Tenho muitas dores nas articulações, até busquei tratamento com um reumatologista, mas ele só prescrevi um remédio chamado Dorfle, aumentava a minha pressão arterial. Então parei o tratamento e começei a caminhar e práticar alguns exercícios físico. È o que melhora as dores.

Uma pergunta: artrose é um dos nome de reumatismo dado por alguns médicos.

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Renata:
"Reumatismo" você não tem porque "reumatismo" não é uma doença, é apenas um mito popular. ASO de 340 não significa "reumatismo" e caroço no pulso há 2 anos também não, mas há profissionais que dizem isso - "é reumatismo" - quando veem ASO aumentado, mas não merecem consideração. Receitar 10 doses de injeções por causa disso é o que chamo de TRATANDO ASLO. ASO (ou ASLO) aumentado não é doença e não precisa ser "tratado". ASO aumentado não explica a causa e não serve para dizer o que é um caroço do pulso que dói de vez em quando há dois anos.
Sugiro que consulte um reumatologista para examinar o pulso e o caroço e orientar o que fazer.

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

SildeLuz:
Irei responder ao seu comentário através do artigo "REUMATISMO INFECCIOSO NÃO EXISTE",que você pode ler na página principal do blog.

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Elicea:
Artrose não é "um dos nomes de reumatismo".
Artrose é uma doença; "reumatismo" não é uma doença, é apenas um mito popular.
Sugiro que leia o artigo O QUE É ARTROSE? ou ARTROSE NÃO É "REUMATISMO" e ARTROSE NÃO É "UM TIPO DE REUMATISMO".

Todos Assuntos do Mundo disse...

Olá Dr, tenho 26 anos e sobro a uns 4 anos de dores intensas nos dois tendões atras do pescoço, uma dor que arde e queima, quando tento alongar doí o pescoço a dor aumenta e muito chega a ser quase insuportável, doí 24 horas por dia mas em nem sempre a dor está na mesma intensidade as vezes moderada e as vezes forte....E também surgiu aparecimento de um caroço dos dois lados pequeno que só da para ver só sentir com o dedos e quando aperto ele sinto a intensidade da dor maior, Já procurei Ortopedista e Neuro, me solicitaram fazer terapia diz por 10 dias e nada adiantou a dor continua, qual especialista devo procurar nesse caso?

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Dor nos tendões do pescoço deve ser consultada primeiramente com um reumatologista.

Aline disse...

Olá doutor, tenho 34 anos e há 4 meses descobri bursite bilateral nos ombros, bursite bilateral nos quadris, cervicobraquialgia, ( coluna cervical ) e tudo veio de repente sem fazer exercícios pesados, nem academia e nem corrida. Eu tenho hérnias de disco lombar há 09 anos e sempre tomo cuidado com peso e exercícios. Enfim, não aguento mais com essas dores e gostaria de saber se o senhor tem ideia dos exames que deveria fazer ou o profissional que devo recorrer, eis que já não acho normal na minha idade tudo isso. Será que tenho reumatismo ?

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Aline:
O que você não tem, com certeza, é "reumatismo" porque "reumatismo" não é um diagnóstico, não é uma doença, é apenas um mito popular.
Bursite nos ombros e quadris, hérnia de disco e cervicobraquialgia são diagnósticos mas é muito improvável alguém ter todos esses diagnósticos ao mesmo tempo, aos 34 anos de idade.
Sempre que atendo pessoas nessa situação, minha primeira ideia é de que foram vítimas de excesso de exames solicitados sem a compreensão adequada do quadro clínico, cujos resultados foram falsos positivos. Essas pessoas em geral cometeram o erro descrito no artigo PARA NÃO CONSULTAR UM REUMATOLOGISTA, o qual sugiro que leia primeiramente e depois consulte um.

Leandra Guerra disse...

O meu caso é parecido com o da Dayse. Tenho 44 anos e meu exame, pedido pela dermatologista (?) deu 25mm/h. com valor de referência 12mm/h. Sua resposta me tranquilizou mas e que me deixou intrigada foi que o mesmo exame dois anos atrás, deu 13mm/h. Poderia me esclarecer?

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Leandra:
Não é possível comparar resultados de VHS com 2 anos de intervalo. Cada um dos exames mediu somente o que ocorreu no momento em que o exame foi feito e os resultados não podem ser comparados.
Na prática, o valor do VHS muda de um dia para o outro e a interpretação depende apenas do que está ocorrendo no momento em que o exame é feito.